quinta-feira, 19 de setembro de 2013

A FATURA DO REGRESSO ÀS AULAS
ESTUDO DA DECO PROTESTE INDICA ONDE SAI MAIS BARATO COMPRAR O MATERIAL ESCOLAR
De acordo com um estudo efetuado pela Deco Proteste, para as compras de material escolar, o Jumbo surge como o hipermercado mais barato, logo seguido da cadeia Continente, quer a opção seja feita em função das marcas (cabaz 1) quer seja efetuada pelo preço mais baixo (cabaz 2).
O Pingo Doce, embora com menos oferta, surge como terceira cadeia quanto às marcas (cabaz 1), pertencendo esta mesma posição à Staples quando a opção é feita apenas em função do artigo mais barato.
Em termos de cadeias de hiper/supermercados o El Corte Inglés é o mais caro, sendo que as 28 papelarias e outras lojas específicas abrangidas neste estudo, também não conseguem competir ao em termos de preço com as cadeias mais baratas.

Mesmo nas lojas online, apenas no caso da Staples compensa comprar pela Internet os produtos do cabaz 2 (neste caso, segundo a Deco proteste, a poupança é de 7% por comparação com a compra na loja). Nas compras online, quanto maior for o valor da encomenda, menor é o custo a suportar com os portes.
Refira-se que estes são dados da Deco Proteste, tendo os mesmos resultado das visitas efetuadas entre os passados dias 2 e 6 de setembro, a  66 hiper ou supermercados, papelarias e lojas específicas de comércio tradicional em Aveiro, Braga, Coimbra, Faro, Lisboa, Porto e Setúbal, bem como lojas online. Foram analisados 5280 preços de 80 artigos escolares, nomeadamente lápis, canetas, borrachas, lapiseiras, cadernos, réguas, tesouras, mochilas, etc. 
Fonte: Deco Proteste

Para mais informações consultar revista Deco Proteste e: 


Postado por: Manuel José Sargaço