terça-feira, 19 de junho de 2012

AÇÕES DE FORMAÇÃO SOBRE LITERACIA FINANCEIRA


O Serviço Municipal de Informação ao Consumidor, em parceria com outras entidades, levou a efeito no passado mês de maio duas ações de formação sobre literacia financeira.
Assim, em colaboração com a Comissão Social de Freguesia de Rio de Mouro, o SMIC participou na formação “Aprender a Ser”, sendo responsável pelo módulo Economia Doméstica que decorreu nos dias 9, 16 e 23 de maio, no Centro Comunitário do Alto do Forte, na Serra das Minas. É de referir que, para além da educação financeira, esta ação de formação visou igualmente outras temáticas, abordadas nos módulos Educação Parental, Higiene e Saúde e Alimentação e Nutrição. Enquanto destinatários, participaram alguns dos beneficiários do Rendimento Social de Inserção e/ou do Banco Alimentar gerido pelo Centro Comunitário Paroquial de Rio Mouro, em cujas instalações teve lugar esta iniciativa.
Igualmente em maio,  o SMIC colaborou na ação “Gestores e Mentores do Orçamento Familiar”, promovida no âmbito do K’ CIDADE - Programa de Desenvolvimento Comunitário Urbano, da Tapada das Mercês (programa da Fundação Aga Khan Portugal). Esta ação de formação foi dirigida à população adulta, com ou sem emprego, apoiada por diversas instituições da Tapada das Mercês, nomeadamente o Centro Comunitário, a Associação Islâmica, entre outras. Neste caso, o Serviço Municipal de Informação ao Consumidor foi responsável pelo módulo Gestão Financeira, que decorreu nos dias 14, 15 e 17 de maio, nas instalações do K’ CIDADE, na Tapada das Mercês.
Com a participação nestas duas iniciativas, o Serviço Municipal de Informação ao Consumidor de Sintra, manteve-se assim empenhado na melhoria das competências de literacia financeira das famílias, elemento fundamental para a tomada de decisões  racionais do ponto de vista financeiro.
Entre outros aspetos, abordaram-se questões como: identificar as componentes do orçamento familiar, aplicar estratégias para poupar e reduzir nas faturas, identificar despesas que podem ser reduzidas, como planear e definir prioridades, como combater as vendas agressivas, elaboração do orçamento familiar, educação financeira dos mais novos, etc.
Educando no sentido da poupança e da adoção de hábitos racionais de consumo, pretende-se capacitar as famílias para a adequada planificação do orçamento familiar.
Nas duas ações, os formadores dos módulos de educação financeira foram Teresa Henriques e Manuel José Sargaço, técnicos do SMIC.

Responsável: Manuel José Sargaço